SURGE UM NOVO JORNAL

Ricardo Da Fonseca, jorn.

ricardo@widebrasil.com

 

Os “especialistas” não param de dizer que os tempos mudaram, e que nós, empresários, comerciantes e prestadores de serviços precisamos nos adequar aos novos tempos para sobreviver em um mercado bem diferente e dinâmico.

Sob alguns aspectos, não temos dúvida quanto a isso, especialmente se olharmos os avanços  tecnológicos e das telecomunicações e as transformações que impuseram na forma da sociedade capitalista se organizar.

Graças aos aparelhos mobiles inteligentes - os smartphones - e ao acesso estável e fácil à internet, o consumidor ganhou asas. Agora ele pode fazer compras pela internet de livros, sapatos, piscinas. Pode comprar pacotes de viagens, roupas, equipamentos eletrônicos e muito mais com um simples toque no seu smartphone. Na grande rede ele pode ler um livro, ver um filme e - em todos os casos - interagir com o prestador de serviço.

Não há dúvida de que esse universo eletrônico e móvel veio para ficar. Mas assim como o computador não eliminou o uso do papel, as mudanças tecnológicas recentes não tornaram e nem tornarão fora de uso determinadas práticas.

Apesar de tanto progressos, muita coisa permanecerá como antes. Talvez não exatamente quanto antes, mas manterão seus espaços. Só que atualizados.

Uma dessas coisas, é, sem dúvida, a publicação impressa, que apesar do impacto que sofreu com a novidade do acesso eletrônico remoto e a redução da oferta de publicações impressas, vem se recuperando devido à uma demanda real: existe quem gosta de ler notícias e textos em papel e existem prestadores de serviços, comerciantes e empresários que precisam de um veículo impresso para dar visibilidade aos seus produtos e serviços.

É para atender essa realidade, que criamos o Jornal do CNC - Centro de Negócios da Cidade - que visa, também, suprir uma necessidade real: dar visibilidade aos negócios existentes na região onde é distribuído, contribuindo com os agentes geradores de riqueza, renda e empregos - comerciantes, empresários e prestadores de serviços - e seus consumidores.

Ver a região portuária à nossa volta revitalizada, apesar de uma ação importante, não assegura aos agentes econômicos - pequenos, médios ou grandes - a geração de negócios. Precisamos que todos da região se unam em uma ação de valorização local através do consumo dos produtos e serviços que a região oferece, inclusive aqueles que ainda são desconhecidos do público pela falta de visibilidade social - visibilidade que pretendemos dar através dessa publicação.

É imperioso entendermos que fortalecendo o comércio e a prestação de serviços da região estamos fortalecendo nossos empregos, nossas empresas e nossas vidas.

Estamos dando início, então, ao Jornal do CNC com passos responsáveis.

Começamos com oito páginas e 5.000 exemplares que serão capazes de atingir 15.000 leitores e levar informação relevante ao consumidor através de textos jornalísticos de temas atuais e próximos. Além disso, teremos espaços reservados para inserção de publicidade de empresas, prestadores de serviços   e comércios, além de uma seção para inclusão de prestadores de serviços da região em forma de “tijolinho” - espaço útil especialmente para  profissionais que são proibidos de realizar anúncios em forma de propaganda, como é o caso dos advogados.

Esperamos poder contribuir cada vez mais com o propósito do Jornal CNC.

E para isso, contamos com a adesão intensa de todos vocês, nossos novos leitores - consumidores, empreendedores ou anunciantes.

WIDEBRASIL COMUNICAÇÃO INTEGRADA

Av. Rio Branco, 18

Centro - Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2283-3954

Whatsapp: (21) 9 9776-2554

widebrasil@widebrasil.com

@widebrasil

O Jornal CNC é uma publicação produzida pela Widebrasil Comunicação Integrada Ltda. e de sua propriedade. As citações e os textos assinados são de responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a posição do Jornal CNC ou da Widebrasil Comunicação.

Equipe: Ricardo Da Fonseca (MTb nº 0036583/RJ), editor; RDF, Felipe Lucena e Miro Lopes, redatores; R. Gatto, design; Humberto Souza, fotografia e Beatriz Barros,

relações públicas.

Publicidade: Widebrasil Comunicação Integrada

Agradecimentos: Camila Borges, Luiz Alfredo Oliveira, Maurício Carrilho, Helena Costa, André Veinert, Francisco Donato, Eloisa Artuso e Ana Passos.

Edição Junho de 2017 - Tiragem impressa de 5.000 exemplares